feliciano lana

“Quando não sabe aquele conhecimento profundo, a história é como se fosse romance", Feliciano Lana, Desana

“Quando não sabe aquele conhecimento profundo, a história é como se fosse romance", Feliciano Lana, Desana

“Quem não sabe história, não pode rezar não. A história mitológica tem fundo. Quando não sabe aquele conhecimento profundo, a história é como se fosse romance”, Feliciano Lana, Desana. O quadro abaixo mostra a evolução das cinco gerações Desana desde o surgimento do mundo até a atualidade. O trabalho faz parte do projeto Bayawi de resgate da língua Desana, coordenador por José Maria Lana, a apresentação completa feita por ele está em http://ct.socioambiental.org/encontrodia2